Portais da Cidade
Xplosion games

Notícias na 25 de março

Listando: 1 à 5 de 1301
Oportunidades que surgem nas crises - o que podemos aprender agora

Decretado como pandemia pela Organização Mundial da Saúde, o coronavírus Covid-19, é uma oportunidade para governos, empresas e sociedade repensarem a forma como se organizam e se comunicam, aprendendo a trilhar caminhos alternativos.

Agora, manter as pessoas em casa é o mais indicado, e isso traz consequências e necessidades de alterações na sociedade. O que podemos aprender com elas?

Eu venho falando sempre sobre a necessidade de estarmos abertos a reaprender todo dia.

Mas, nesse caso, o que vai fazer a diferença é adotarmos bons e velhos hábitos. O que sabemos até agora sobre essa pandemia é que as medidas básicas de higiene, como lavar as mãos, usar lenços descartáveis, espirrar cobrindo a boca com o cotovelo, além do isolamento (evitar aglomerações e, se possível, ficar em casa) é o que vai fazer toda diferença.

Do ponto de vista da saúde, essas medidas são exemplos práticos do que pode conter a crise do coronavírus. Mas, no que tange a economia, o cenário futuro ainda é bastante nebuloso. De fato, muitos setores já estão sendo prejudicados. A redução de comércio exterior, fechamento de fronteiras, suspensão de voos, cancelamento de eventos, etc influenciam diretamente no funcionamento econômico dos países. Numa economia globalizada, é impossível imaginar a vida sem o contato com outros lugares e pessoas.

Apesar de sério e inevitável o impacto na economia, é possível adotar medidas que reduzam os danos e ajudam a gerenciar os riscos operacionais. Continue a leitura e saiba mais sobre o que fazer em relação à gestão e adaptação das empresas neste momento de crise, que ninguém sabe ao certo quanto tempo vai durar.

O que fazer neste cenário de pandemia?
Nesse ponto, a tecnologia é uma aliada para passarmos por essa crise. Conheça algumas alternativas que podem ser oportunidades para gerenciar os riscos.

Saiba o que fazer:

1. Comunicação
Esteja preparado e saiba comunicar corretamente todas as informações necessárias para a saúde de seus funcionários, terceiros, parceiros e clientes. Existem diversas ferramentas de comunicação e mesmo aplicativos de gestão de crise que podem ser baixados e utilizados por toda a empresa, permitindo uma reação rápida e comunicação instantânea.

O que se deve evitar a qualquer custo é mudar radicalmente sua estratégia – mantenha seu negócio no rumo e comunique-se corretamente, evitando pânico e, principalmente, ações descoordenadas.

É importante criar comunicações padrões e um comunicado geral de posicionamento da sua empresa. Além disso, monitore suas redes sociais.

2. Gestão de pessoas
Grande parte das empresas está pedindo para seus funcionários ficarem em casa, trabalhando em regime home office. Ao mesmo tempo, essa prática vem associada a uma maior preocupação dos gestores com a falta de controle sobre produtividade. Mas existem inúmeras ferramentas para coordenação de comunicação entre equipes.

A Cisco, por exemplo, disponibilizou um sistema de call gratuitamente para até 100 pessoas enquanto durar a crise. Existem inúmeras ferramentas de gestão de tempo de trabalho remoto e apontamento de horas trabalhadas.

3. Atendimento a clientes
Como todos os processos críticos da sua empresa, o atendimento a clientes não pode parar. Seus clientes têm que continuar a ser atendidos e, nesse sentido, os canais remotos são a melhor opção. Por isso, pense em investir em algumas alternativas, como:

– Chats e bots para atendimento
– Contrate operadores remotos para um possível aumento de demanda
– Melhore a usabilidade e o FAQ do seu autoatendimento no site
– Crie mensagens pré-aprovadas e scripts que facilitem o trabalho tanto dos atendentes como ajudem o cliente a buscar sua solução sozinho.

4. Vendas
Como em todo o processo que exige interação, suas vendas também sofrem impacto pela impossibilidade de estar frente a frente para o cliente. Como diz um artigo da Gartner sobre continuidade de negócios em tempos de pandemia, ao pensar em terceirizar parte do seu processo, o setor de vendas também pode contar com ajuda externa.

Ter uma equipe remota trabalhando seus leads e fazendo um trabalho de pré-vendas pode ser uma alternativa para você não precisar tirar seu time de campo e pode deixar seu vendedor focado nas questões mais prioritárias. Utilizar ferramentas de CRM ajudam no processo de integrar diferentes equipes falando com o mesmo cliente, sem risco de perder informações importantes ou um bom negócio.

Pense que, assim como você está numa situação difícil, seu cliente também está e seu produto pode ajudá-lo.

Similarmente a utilizar um terceiro para contribuir com seu processo de vendas, pense em ferramentas de digitalização do processo de contratação para acelerar seu processo e garantir que suas atividades principais continuam funcionando.

5. Operação e TI
Neste momento, revisite a forma de se produzir e gerenciar os processos críticos na sua empresa para definir o que é mais importante e deve ser prioridade da gestão. Repense o que pode ser feito remotamente, como automatizar sua produção e utilizar ferramentas de gestão remota.

Daqui para frente, muito deve ser feito por governos, empresas e sociedade para conter o avanço da doença e a retomada da vida normal. Mas, tenhamos em mente que toda crise é uma oportunidade de revermos como encaramos as dificuldades, nos posicionamos em relação à nossa comunidade e como podemos criar hábitos mais saudáveis.

Nesse momento, o melhor a fazer é seguir os cuidados básicos de higiene e evitar as aglomerações. Ainda não sabemos quanto tempo esse confinamento irá durar, mas, esperamos que em breve tenhamos passado por esse desafio.

Empresas e sociedade sairão mais fortes dessa crise.

GALAXY A01 CHEGA AO BRASIL POR R$ 1,1 MIL

Vem com bateria que garante longas horas de uso

A Samsung anunciou, hoje (07), a chegada do Galaxy A01 ao Brasil. O smartphone conta com câmeras com diferentes recursos para captura de imagens e aperfeiçoamento do sistema de segurança.

O design ergonômico permite que o aparelho seja facilmente manuseado com apenas uma mão. O modo noturno, por sua vez, altera o padrão de cores do display, tornando a visualização da tela menos cansativa ao fim do dia.

Com processador octa-core, 2 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento (podendo ser expandida com cartão MicroSD de até 1TB²), o Galaxy A01 permite que o usuário tenha uma navegação contínua, sem travamentos. E a bateria, com capacidade de 3,000 mAh, garante longas horas de uso sem necessidade de carregamento.

Preço e disponibilidade

Disponível em três versões de cores (azul, vermelho e preto), o Galaxy A01 pode ser encontrado a partir desta semana, com preço sugerido de R$ 1.099,00.

O display infinito, com 5,7 polegadas¹ e cantos arredondados, oferece uma experiência imersiva, com resolução HD+. Na parte superior, uma câmera de 5MP não só proporciona imagens de alto nível de qualidade, mas também a tecnologia de reconhecimento facial para desbloqueio de tela.

Já na parte traseira, um sensor principal de 13MP e outro de 2MP, para profundidade, asseguram imagens nítidas e com opção de Foco Dinâmico, desfocando o fundo e destacando o que está em primeiro plano na imagem. Este recurso, inclusive, também está disponível na câmera frontal.

(Fonte: Da Redação) - 07/04/2020
MERCADO DE SEGURANÇA DE TI DEVE CRESCER 12% NA AMÉRICA LATINA, PREVÊ IDC BRASIL

Os investimentos em nuvem já têm como critério de escolha a segurança

O mercado de segurança de TI deve atingir quase US$ 4 bilhões na América Latina em 2020, segundo a consultoria IDC Brasil.

Porém, destaca o gerente de pesquisa e consultoria em Enterprise da IDC Brasil, Luciano Ramos, existe uma diferença entre intenção – 57% das empresas entrevistadas pela IDC indicaram segurança da TI como tema prioritário – e, de fato, o investimento, que acelera 12% em 2020 frente ao ano anterior.

“As empresas estão abertas e discutindo temas de segurança, mas quando se trata de investir há limitações e orçamentos a cumprir. A necessidade é de ampliar a percepção da segurança como um habilitador de negócios”, explica.

Nessa agenda de prioridades estão também as tecnologias de Inteligência Artificial, Machine Learning, Computação Cognitiva e Internet das Coisas, que têm papel importante nas soluções de segurança para correlacionar de maneira mais efetiva os eventos de segurança, entender comportamentos dos usuários, como cada pessoa consome informações e os recursos existentes em cada organização.

“Apesar do papel distinto, IA e Machine Learning vêm sendo aplicadas para solucionar problemas de negócios e entender melhor as informações que estão sendo geradas, oferecendo mais resultados e otimizando processos”, explica o gerente de pesquisa da IDC Brasil.

Já a Internet das Coisas não está só em projetos fora das organizações, como cidades inteligentes. “Começamos a ver um movimento dentro de TI e TO, fazendo com que a operação gere mais insumos para que TI possa analisar e gerar insights para otimizar recursos”, afirma.

NUVEM
No ambiente de nuvem, as empresas estão incluindo a segurança como parte da estratégia para ter bons resultados. Na hora de montar a estratégia de nuvem, os benefícios esperados pelas organizações são: em nuvem pública, agilidade (43%), segurança (42%), simplicidade e padronização (41%). Em nuvem privada, segurança (52%), agilidade (43%), simplicidade e padronização (42%).

Já na multicloud, os benefícios esperados são: agilidade (35%), empoderamento das áreas de negócios (35%) e segurança (34%). No entanto, um terço das empresas ainda não conseguem enxergar como a nuvem pode realmente impactar os processos de segurança. (Com assessoria de imprensa)

(Fonte: Da Redação) - 31/03/2020
Facebook lança novos recursos para turbinar a ondas das lives

De olho no YouTube, rede social aumentou a abrangência das transmissões ao vivo

Desde o período de recolhimento social causado pela covid-19, uma das ferramentas de internet que caiu no gosto das pessoas foram as lives, transmissões ao vivo de vídeo em redes sociais - o cantor Gusttavo Lima, por exemplo ficou por cinco horas consecutivas no ar no último final de semana e obteve uma audiência colossal. Por isso, o Facebook decidiu anunciar nesta segunda, 30, novos recursos para bombar a ferramenta em sua rede social.



Secou o arroz: cantor Gusttavo Lima ficou cinco horas em live no Facebook e teve 5,2 milhões de visualizações
Foto: Facebook/Reprodução / Estadão

Entre elas, estão o aumento na abrangência das lives - em breve, será possível acompanhar transmissões sem a necessidade de ter uma conta no site, ou sem restrições geográfica. É uma medida que coloca as lives do Facebook em igualdade ao que o YouTube já faz. Outro recurso lançado é a capacidade de desativar o vídeo, preservando apenas o áudio, para os que tem restrições de conexão.

Além disso, a rede social revelou que terá a capacidade de gerar números telefônicos para chamadas gratuitas para que as pessoas possam ouvir o áudio de uma transmissão ao vivo a partir de qualquer telefone. As transmissões também terão legendas automáticas.

"Desde o seu lançamento, vimos mais de 8,5 bilhões de transmissões no Facebook Live e estamos acompanhando um crescimento significativo no uso da ferramenta nas últimas semanas", afirmou a empresa em nota.

Para os produtores de conteúdo, o Facebook anunciou uma ferramenta chamada Live Producer, que substitui a antiga interface de transmissões. Segundo a empresa, a ferramenta gerência entradas ao vivo, moderação de comentários e cortes de câmera. Todos os recursos estarão disponíveis nas próximas semanas.

(Fonte: Redação Link) - 31/03/2020
Facebook reduz qualidade de vídeo na América Latina para reduzir congestionamento de redes

O Facebook vai reduzir qualidade de streaming de vídeo em sua plataforma e no Instagram na América Latina, replicando medidas adotadas para as atividades da empresa na Europa. A medida vem para reduzir congestionamento de dados em uma região que está começando a sentir os efeitos da pandemia de Covid-19.



REUTERS/Dado Ruvic
Foto: Reuters

No domingo, o Facebook acompanhou medidas tomadas por Netflix, YouTube, Amazon e Walt Disney no sentido de reduzir congestionamento de dados da internet na Europa uma vez que milhões de pessoas estão com recomendação para não saírem de casa ou em regime de trabalho remoto.

"Para ajudar a aliviar as redes neste período de alta demanda devido à pandemia de Covid-19, vamos reduzir temporariamente a resolução em bits dos vídeos no Facebook e Instagram na América Latina", afirmou o Facebook em comunicado.

"Queremos garantir que as pessoas possam permanecer conectadas...e continuaremos trabalhando com nossos parceiros para administrar qualquer limitação de transmissão de dados", acrescentou a empresa.

A plataforma de streaming GloboPlay anunciou que a transmissão de vídeos em 4K e em alta definição será temporariamente suspensa a partir desta segunda-feira.

Questionada sobre planos sobre redução da qualidade do streaming no Brasil, como adotado na Europa, a Netflix afirmou que "vai continuar a trabalhar com os provedores de internet e governos de todo mundo e que vai aplicar estas mudanças em outras regiões, se necessário".

(Fonte: Reuters ) - 24/03/2020
Listando: 5 de 1301

Anuncie

Sobre o Portal da 25

O Portal da 25 foi lançado em 01 de maio de 2001, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua 25 de março no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para área pessoal e doméstica.