Portais da Cidade
Xplosion games

Notícias na 25 de março

Listando: 6 à 10 de 1317
iPad barato: Apple pode turbinar modelos básicos do tablet

Seguindo a estratégia de produtos mais acessíveis, um novo iPad pode ser lançado ainda neste ano custando cerca de 60% de um dispositivo atual; Apple Glasses devem ficar para depois de 2022

A Apple trabalha em mais um item da sua lista de acessíveis no mercado. Dessa vez, a empresa estaria desenvolvendo um iPad de 10,8 polegadas, para substituir o iPad básico de 10,2 polegadas, e um entre 8,5 e 9 polegadas, para substituir o iPad mini de 7,9 polegadas - o que estaria de acordo com a estratégia de anos recentes da empresa de crescer a tela dos tablets. Segundo o analista especializado na marca Ming-Chi Kuo, da TF Security, os lançamentos seriam nos próximos meses. Ele também afirmou que os Apple Glasses também estão a caminho, mas vão ser apresentados "no mínimo" em 2022.

Assim como o novo iPhone SE, os novos iPads devem seguir a linha da empresa de menores preços e chips mais rápidos, para atrair mais compradores para o produto, informou Kuo. A versão maior do dispositivo, com 10,8 polegadas deve ser lançada ainda neste ano, no segundo semestre, enquanto a versão mini pode ser apresentada no primeiro semestre de 2021.

No preço, Kuo estima que os iPads podem custar até 60% do preço dos dispositivos atualmente no mercado. Nessa linha, o analista também acredita que mais produtos poderão ser lançados ainda neste ano para suprir a indústria de eletrônicos, apesar da crise causada pelo coronavírus.

Entre eles, porém, não está o Apple Glasses. Apesar de um possível desenvolvimento na área de realidade aumentada e realidade virtual, o produto ainda vai demorar para ser apresentado ao público pela marca. "O custo da laminação dos óculos da Apple será alto porque a lente requer laminações multicamadas para criar uma experiência inovadora ao usuário de realidade virtual e mentada", afirmou Kuo.

(Fonte: Redação Link - Estadão) - 18/05/2020
POLÍCIA APREENDE 4.500 TV BOX PIRATAS NO CENTRO DE SÃO PAULO

Operação Curto Circuito realizou uma etapa a cada mês desde janeiro. Nesta semana, foram apreendidos mais de 2 mil aparelhos ilegais

A Polícia Civil de São Paulo já apreendeu 4.564 decodificadores piratas de sinais de TV por assinatura em cinco operações no Centro da capital paulista, desde o início deste ano. A etapa mais recente da chamada Operação Curto-Circuito, que conta com apoio da Prefeitura de São Paulo, ocorreu nesta semana, com a apreensão de mais 2 mil aparelhos ilegais.

Conhecidas também como TV Box, estas caixas desbloqueiam ilegalmente os canais de TV por assinatura. Além do crime de violação dos direitos autorais, estes equipamentos não são homologados pela Anatel e representam um risco para a segurança dos usuários, pois, como são conectados à internet, permitem a invasão das redes domésticas e o roubo de dados pessoais.

Nas cinco etapas da Operação Curto-Circuito, realizadas a cada mês desde janeiro, a polícia também prendeu cerca de 20 pessoas.

As operações foram realizadas em tradicionais pontos de comércio de produtos eletrônicos na região central de São Paulo, como rua Santa Ifigênia, Galeria Pagé (na rua 25 de Março) e avenida Rudge, no Bom Retiro.

A Operação Curto-Circuito é coordenada pela 1ª Delegacia Seccional de Polícia de São Paulo, com o suporte da Prefeitura de São Paulo.

“A ação conjunta da Polícia e da Prefeitura é um importante passo para o combate à pirataria na maior cidade do país”, frisa Oscar Simões, presidente da ABTA (Associação Brasileira de Televisão por Assinatura).



OUTRAS OPERAÇÕES
As autoridades públicas têm intensificado o combate à pirataria de TV por assinatura em todo o Brasil. Em novembro, o Ministério da Justiça coordenou a Operação 404, com mandados de busca e apreensão em 12 estados, bloqueio e/ou suspensão de 210 sites e 100 aplicativos de streaming ilegal de conteúdo.

A ação contou com a colaboração da Ancine (Agência Nacional do Cinema), da ABTA (Associação Brasileira de Televisão por Assinatura), do Conselho Nacional de Combate à Pirataria e Delitos contra a Propriedade Intelectual (CNCP), da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e do Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

IMPACTO DA PIRATARIA
A pirataria é hoje uma das maiores ameaças à indústria audiovisual em todo o mundo. Uma pesquisa recente da Parks Associates afirma que o acesso ilegal a vídeos provoca um prejuízo global de US$ 30 bilhões anuais. No Brasil, a estimativa da ABTA é que as perdas cheguem a R$ 9 bilhões ao ano, prejudicando milhares de trabalhadores.

As ações de combate à pirataria de TV por assinatura também contam com a participação da Anatel, Receita Federal, Ministério Público e Justiça. (Com assessoria de imprensa)

(Fonte: DA REDAÇÃO) - 12/05/2020
Cão robô reforça medidas de distanciamento social em parque de Cingapura

Um educado cão robô foi encarregado pelas autoridades de Cingapura para ajudar a conter as infecções por coronavírus na cidade-estado pedindo que corredores e ciclistas mantenham distância entre eles.



08/05/2020 REUTERS/Edgar Su
Foto: Reuters

O robô de quatro patas, movimentado por controle remoto e feito pela Boston Dynamics, foi implantado pela primeira vez em um parque central nesta sexta-feira, como parte de um teste de duas semanas que pode se juntar a outros robôs que policiam os parques de Cingapura durante o confinamento em todo o país.

"Vamos manter Cingapura saudável", disse em inglês o robô amarelo e preto chamado SPOT. "Para sua própria segurança e para os que estão ao seu redor, afaste-se pelo menos um metro. Obrigado", acrescentou, com uma voz feminina suave.

Apesar da educação, as violações das rígidas regras de quarentena de Cingapura podem resultar em pesadas multas e até prisão.

A cidade-estado, com 5,7 milhões de habitantes, possui mais de 21 mil casos, um dos registros mais altos da Ásia, em grande parte devido a infecções em massa entre trabalhadores migrantes que vivem em dormitórios apertados em áreas pouco visitadas por turistas.

De acordo com as regras para manter a quarentena até 1º de junho, os residentes só podem deixar suas casas para tarefas essenciais, como ir ao supermercado, e devem usar uma máscara o tempo todo em público. Exercício ao ar livre é permitido, mas deve ser feito sozinho.

As autoridades responsáveis pelos testes mais recentes - as agências governamentais de tecnologia e segurança cibernética - disseram em comunicado que o SPOT pode se movimentar em terrenos mais difíceis em parques e jardins.

Além de transmitir mensagens lembrando aos visitantes as medidas de distanciamento social, o SPOT é equipado com câmeras e ferramentas de análise para estimar o número de pessoas no parque.

As autoridades disseram que as câmeras não seriam capazes de identificar indivíduos ou gravar dados pessoais.

O SPOT também foi recentemente testado para uso em um hospital temporário levando medicamentos para os pacientes.

((Tradução Redação São Paulo; 55 11 56447727))

REUTERS PS PAL

(Fonte: Edgar Su) - 12/05/2020
Apple lança novo MacBook Pro com teclado atualizado

A Apple lançou nesta segunda-feira nova versão do MacBook Pro com teclado modificado, já que a linha de notebooks enfrentou críticas, também melhorando o desempenho dos computadores e aumentando o armazenamento.



Logotipo da Apple. 3/1/2019. REUTERS/Leonhard Foeger
Foto: Reuters

A Apple disse que sua nova linha do MacBook Pro, vendido por 1.299 dólares e 1.199 dólares, para o modelo voltado para educação, já está disponível online.

Os MacBooks representam 9% da receita total da empresa.

O novo teclado é do estilo conhecido como "tesoura" mais comum na indústria.

A empresa voltou a utilizar os modelos tesoura, descartando os teclados "borboleta", depois de receber reclamações de teclas pegajosas e que não funcionavam quando pequenas quantidades de poeira ou detritos se acumulavam sob ou perto delas.

A nova versão fornecerá o dobro do armazenamento de seu antecessor, com capacidade de até 1 terabyte.

A empresa também disse que o novo MacBook Pro estará disponível em lojas selecionadas ainda esta semana.

(Fonte: Reuters) - 04/05/2020
Intel compra app de trânsito Moovit por US$900 mi

A Intel comprou a desenvolvedora israelense de aplicativos de transporte Moovit por cerca de 900 milhões de dólares para ajudá-la a criar táxis autônomos que poderão sair às ruas no início de 2022, informou a empresa nesta segunda-feira.


15/12/2019. REUTERS/Amir Cohen
Foto: Reuters

A Moovit permanecerá independente, enquanto sua tecnologia e os dados coletados de mais de 800 milhões de usuários em 102 países serão integrados à unidade de veículos autônomos da Intel, Mobileye.

O preço pago foi quase o dobro da avaliação de 500 milhões de dólares que a Moovit recebeu quanto captou investimentos pela última vez em 2018.

"A Moovit é uma aquisição que preenche algumas lacunas muito críticas que estamos avançando", disse o presidente-executivo da Mobileye, Amnon Shashua, à Reuters.

O objetivo inicial, disse ele, era ter uma pequena frota de táxis sem motoristas em países como Israel, França e Coreia do Sul.

O aplicativo Moovit é popular por ajudar passageiros e turistas a encontrar o melhor caminho para um destino, mostrando rotas de transportes públicos, ciclovias e opções de caronas.

Uma vez integrado a Mobileye, o aplicativo será uma plataforma para chamar táxis autônomos e os dados em tempo real garantirão que os veículos sejam implantados em áreas de alta demanda, disse Shashua.

A Intel prevê que os táxis autônomos serão um mercado de 160 bilhões de dólares até 2030.

A decisão de comprar agora, quando grande parte da economia mundial está parada devido à pandemia de coronavírus, decorre da capacidade da Mobileye de prever com mais precisão quando sua tecnologia estará pronta, disse Shashua. E a meta é 2022.

"Para uma empresa como a Intel, que tem um plano muito ordenado de como o futuro deve se desenrolar, o coronavírus não deve ser um revés. Pelo contrário, você deve olhar para a crise e encontrar oportunidades", disse Shashua.

A Moovit captou 133 milhões de dólares de investidores como Intel, BMW iVentures e Sequoia Capital. Em 2018, recebeu 50 milhões de dólares em uma rodada de investimentos liderada pela Intel Capital.

A Intel já fez investimentos significativos em Israel, incluindo a aquisição da Mobileye por 15,3 bilhões de dólares em 2017. Em dezembro, comprou a empresa israelense de inteligência artificial Habana Labs por 2 bilhões de dólares.

(Fonte: Reuters) - 04/05/2020
Listando: 10 de 1317

Anuncie

Sobre o Portal da 25

O Portal da 25 foi lançado em 01 de maio de 2001, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua 25 de março no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para área pessoal e doméstica.